Ana Maria Braga critica ida de Gabigol a cassino: “Foi frango”

A apresentadora do Mais Você reprovou a atitude do jogador do Flamengo "no pior momento da pandemia" e reforçou a necessidade de isolamento

atualizado 15/03/2021 15:34

Gabigol no hotel em BrasíliaReprodução/Instagram Gabigol

A apresentadora Ana Maria Braga chamou a atenção do atacante Gabigol na manhã desta segunda-feira (15/3), durante o programa Mais Você. A global não poupou críticas à ida do jogador a um cassino clandestino no “pior momento” da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Com ressalvas de que admira o jogador do Flamengo, o qual considera um dos principais ídolos do futebol na atualidade, Ana Maria disparou: “Dessa vez, foi ‘frango’, né? Você não é goleiro, mas pisou na bola. A gente está vivendo o pior momento, o momento mais grave. Todos nós sabemos disso. Todo mundo em casa está sabendo disso”, afirmou a apresentadora.

Ana Maria também lembrou a presença de MC Gui no cassino e destacou força-tarefa da polícia para interditar festas e encontros clandestinos.

“No fim de semana a polícia voltou a interditar festas clandestinas, fechou cassinos, que já são ilegais, né? Não dá pra deixar de comentar sobre o Gabigol. Ele pediu desculpas, disse que estava errado, que não sabia onde estava indo, mas foi. Era para ser um jantar de amigos, mas também está proibido. Restaurante não está abrindo. E cassino é ilegal. Sem palavras para comentar”, reprovou.

O atacante do Flamengo tentou justificar a atitude. Em entrevista à TV Globo, ele afirmou que era seu último dia de férias – o elenco principal do time carioca se reapresenta nesta segunda-feira. “Faltou sensibilidade da minha parte. Era meu último dia de férias, e estava feliz de estar com meus amigos. Faltou sensibilidade. Mas usei máscara, álcool gel… Quando percebi que tinha um pouquinho mais de gente, estava indo embora”, explicou Gabigol.

Vídeos
Últimas notícias