Busca

Vídeo: equipe de jornalismo da Record é agredida. Globo flagra ataque

Repórter Tarsila Alvarindo, de afiliada da Record em Salvador, foi atacada durante gravação de reportagem

Uma equipe da Record TV Itapoan, afiliada do canal paulista em Salvador, foi agredida na manhã desta segunda-feira (16/1), durante a gravação de uma reportagem.

A jornalista Tarsila Alvarindo e o repórter cinematográfico George Luís gravavam uma reportagem sobre a morte de um motociclista, quando supostos familiares da vítima avançaram contra os profissionais de imprensa.

1/4
Globo flagra agressão a equipe de jornalismo da Record em Salvador - Metrópoles
A repórter Tarsilla Alvarindo, da Record TV Itapoan
Comunicado da Record TV Itapoan sobre a agressão a equipe de jornalismo

A TV Bahia, afiliada da Globo, registrou o momento do ataque. Em sua rede social, a jornalista da Record relatou a agressão sofrida durante o trabalho.

“Eu fui agredida agora há pouco durante um link. Estava noticiando um acidente. Inicialmente, um familiar me pediu que a gente não filmasse, não mostrasse ninguém. Respeitei aquele momento, conversei com ele, disse que a gente não mostraria de perto, como fiz. Entramos de longe, falei que tinha acontecido um acidente e que uma pessoa foi a óbito. Um homem apenas. Não mostrei rosto de ninguém”, explicou.

“Quando já tinha terminado, já estava por sair do local, dois familiares, não sei se familiares ou amigos, dois homens abordaram a nossa equipe. Um deles me deu um soco no rosto. Estou sentindo aqui”, prosseguiu ela.

Em comunicado, a Record TV Itapoan repudiou o ataque, pediu punição aos agressores e prestou solidariedade aos funcionários.

“Diante da agressão que a equipe de reportagem da Record TV Itapoan foi vítima nesta segunda-feira (16), a emissora repudia qualquer tipo de violência e confia no trabalho das polícias Militar e Civil, assim como na justiça. Nossa solidariedade às vítimas: a repórter Tarsila Alvarindo, o cinegrafista George Luís e o motorista Marcos Oliveira”, publicou a emissora.

“Reiteramos que para haver jornalismo sério e comprometido é preciso ter a imprensa respeitada no seu direito de informar e prestar serviço à população”, concluiu.