Sérgio Guizé adianta final de A Dona do Pedaço: “Muita crueldade”

O ator falou sobre os desfechos dos personagens Chiclete, Vivi e Camilo. A novela termina na próxima sexta-feira (22/11/2019)

TV Globo/DivulgaçãoTV Globo/Divulgação

atualizado 17/11/2019 8:22

Agora é reta final mesmo! Faltando apenas uma semana para o término de A Dona do Pedaço, as atenções se voltam para o desfecho de alguns dos personagens mais marcantes da novela de Walcyr Carrasco. Entre eles, Chiclete (Sérgio Guizé), Vivi (Paolla Oliveira) e Camilo (Lee Taylor). Ao que tudo indica, o policial vai raptar a esposa ao descobrir que ela planeja fugir com o justiceiro. Mas e depois? O intérprete do matador conversou com o Metrópoles e contou o que espera para os momentos finais da trama.

Química impecável

Para começar, Sérgio Guizé demonstra gratidão por estar numa história tão bem-sucedida, que bateu recordes de audiência ao longo dos seis meses de exibição. Chiclete apareceu quando o folhetim já estava embalado. “Quando entrei, a novela já era um sucesso. E entrar como um matador e terminar a história como um casal meio ‘Romeu e Julieta’ é um desafio. Foi difícil construir a ideia de um justiceiro se apaixonar pela vítima”, conta o ator.

A química com Paolla Oliveira e as cenas de enfrentamento com o personagem de Lee Taylor foram alguns dos pontos altos de A Dona do Pedaço. Justamente por isso, Sérgio reconhece a importância dos dois nesse sucesso. “Conheci a Paolla praticamente no set e ela foi muito generosa. Quanto ao Lee, ele tem muito a contribuir com a interpretação. Veio do teatro, é rigoroso e isso ajuda. Logo de cara a troca foi muito boa”, elogia Sérgio.

Tiro, porrada e bomba

Sobre o desfecho de Chiclete, Vivi e Camilo, mistério total, guardado a sete chaves. Porém, o ator não deixa de dar sua opinião sobre o que acha que deveria acontecer. “Eu acredito que tem de haver uma punição para o Chiclete por causa dos crimes que ele já cometeu. Mas nesse clima romanceado, o que se pode fazer? Colocar na cadeia por um capítulo?! (Risos)”, diverte-se Sérgio. “Eu acho que nesse final tem que rolar tiro, porrada e bomba entre o meu personagem, a Vivi e o Camilo!”, diz ele, que deixa escapar o que o público pode esperar. “Vai ter muita crueldade!”, finaliza, deixando no ar que o último capítulo será de tirar o fôlego. Quem viver, verá!

Últimas notícias