Quarentena vira comédia e romance em novas séries sobre o tema

Diário de um Confinado e Carenteners, que estreia nesta terça (30/06), discutem o tema com novas abordagens

Com mais de 100 dias de quarentena, o isolamento social virou tema do entretenimento. Primeiro, a literatura e a fotografia. Agora, é a vez das séries: nesta terça (30/06), estreia Carenteners, às 21h40, na Warner Channel.

A trama, que vai ao ar também no YouTube do canal, conta a história de Cecilia (Ana Tardivo) e Marcos (Mateus Sousa) um casal que se apaixona na quarentena e precisa adaptar o relacionamento a este momento.

Ao todo são 10 episódios, de cinco minutos. Toda a produção foi feita à distância, com atores operando câmera e direção remota.

Marcos (Mateus Sousa): um dos personagens de Carenteners

“Carenteners é diferente de tudo que já fiz. É um privilégio trabalhar dentro de casa, mas ao mesmo tempo desafiador ajudar a desenvolver e executar outras áreas da produção de conteúdo que vão além da atuação, como a autogravação, maquiagem, figurino, iluminação, cenário”, revela Mateus Sousa.

Rotina diferente

Neste sábado (04/07), chega à Rede Globo – os episódios de 10 minutos já estão disponíveis na Globopaly – a série Diário de um Confinado, reunindo Bruno Mazzeo e a esposa, Joana Jabace.

A linguagem, que mistura YouTube e televisão tradicional, é o charme da crônica do dia a dia de Murilo (Bruno Mazzeo). Ele, assim como boa parte dos brasileiros, de repente, se viu obrigado a readequar sua rotina para dentro de casa.

1/6
Joana e Bruno bastidores Diário de um Confinado
Diário de um Confinado aborda as paranoias da quarentena
Murilo (Bruno Mazzeo) precisa adaptar sua rotina à quarentena
Joana Jabace e Bruno Mazzeo nos bastidores da série
Murilo (Bruno Mazzeo) encarando a quarentena
Murilo (Bruno Mazzeo) - Diário de um Confinado

“A ideia é realizar de um jeito artesanal, mas não amador. A luz e o enquadramento foram pensados dentro dessas premissas. É um projeto feito na minha casa mas poderia ter sido feito num estúdio. Tem um mood de dramaturgia, e nosso intuito é que o espectador embarque no universo do Murilo”, analisa a diretora Joana Jabace.

Assim, acompanhamos Murilo enfrentar sessões de terapia e encontros familiares. Participam, igualmente a distância, nomes como Arlete Salles, Debora Bloch, Fernanda Torres, Lázaro Ramos, Lúcio Mauro Filho, Renata Sorrah.

“Como tudo o que escrevo, sobretudo quando escrevo sob o olhar da crônica, normalmente tem um pé na biografia – na autobiografia e na de cada um que está participando do projeto comigo”, confessa Bruno Mazzeo.

“Diário de um Confinado é um programa que busca uma identificação. Ao mesmo tempo, tem pitadas de uma loucurinha, que é o que a gente está vivendo, com sentimentos alterados. E é aí que entra a carga do humor”, completa o autor.

No Instagram

Outra fonte de boas produções “caseiras” em meio À pandemia é o IGTV. A atriz Mônica Carvalho, atualmente no ar na novela Fina Estampa, na qual vive a personagem Glória, se juntou às amigas Michele Muniz e Renata Brás para criar o sitcom Saraliaeleia.

A cada sexta-feira, Mônica, Renata Brás e Michele Muniz trazem temas sobre o universo feminino, mostrando três mulheres dispostas a participar de um reality show e conquistar a fama.