Hebe: minissérie estreia na TV Globo em julho

Protagonizada pelas atrizes Andréa Beltrão e Valentina Herszage, a produção estampará às telas da emissora carioca em episódios semanais

A minissérie Hebe, protagonizada pelas atrizes Andréa Beltrão e Valentina Herszage, chega à programação da Globo em julho. O seriado celebra, em 10 capítulos, a vida e a obra de uma das personagens mais importantes da TV brasileira.

Em episódios semanais, a produção, que desde dezembro do ano passado já fazia parte do catálogo do Globoplay, serviço de streaming da emissora carioca, mostra como a menina pobre do interior ignorou os olhares tortos, de quem não entendia sua coragem, e se tornou Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani, um dos símbolos da televisão durante os quase 60 anos em que entrou nas casas de milhões de pessoas.

Hebe Camargo é vivida por Andréa Beltrão

Desenvolvida pelos Estúdios Globo, Hebe é criada e escrita por Carolina Kotscho, tem direção artística de Maurício Farias e direção de Maria Clara Abreu. “Acho muito bonito reconstruir as histórias de uma pessoa inteira, com tudo o que ela enfrentou e as marcas que ela tem. Tem gente que se encolhe a cada vez que apanha da vida e tem gente que cresce quando isso acontece. Cada tropeço que a Hebe teve deu uma força três vezes maior para ela continuar. “, pontua Kotscho.

Como um fluxo de memória da própria Hebe, a obra resgata de maneira não linear momentos da trajetória da artista, desde a década de 40 até os últimos anos de vida. “Trata-se da história de uma estrela da televisão contada por um ponto de vista muito pouco conhecido do público: os paralelos da vida da Hebe fora do palco, em família, entre amigos e amores”, explica o diretor artístico Maurício Farias.