Glenda Kozlowski minimiza racismo de Piquet, é criticada e se desculpa

Apresentadora da Band sugeriu que fala de ex-piloto brasileiro contra Lewis Hamilton poderia ter sido "tirada de contexto"

atualizado 03/07/2022 13:52

A apresentadora Glenda KozlowskiBand/Reprodução

Glenda Kozlowski tentou minimizar o “cancelamento” de Nelson Piquet e acabou sendo também “cancelada” nas redes sociais. Neste domingo (3/7), durante o programa Show do Esporte, a apresentadora da Band sugeriu que fala racista do ex-piloto brasileiro contra Lewis Hamilton, heptacampeão de Fórmula 1, poderia ter sido “tirada de contexto”.

“Ficar olhando coisas de um ano atrás também, trazendo à tona agora, pode mudar às vezes o contexto das coisas, quer dizer, isso não tem contexto, não dá para falar sobre isso, usar termos racistas, mas será que o contexto era esse também? Acho que de um ano para cá as pessoas mudam, de um ano para cá muita coisa muda”, comentou Glenda após o programa exibir uma reportagem sobre o caso.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

A fala repercutiu negativamente no Twitter, onde minutos depois a apresentadora se retratou: “Peço desculpas a todos pelas minhas palavras. Fui muito mal na escolha de cada uma delas. Toda minha indignação por mim mesma. Um beijo a todos”. Ela prometeu se desculpar também na TV quando a transmissão do GP da Inglaterra terminar.

“Peço sinceras desculpas pelos meus erros. Nesses 30 anos de carreira, eu sempre me posicionei muito contra todo o tipo de violência, preconceito e, principalmente, racismo. Aliás, eu sou antirracista. Já me retratei nas minhas redes sociais. Agradeço a todos pelas mensagens recebidas, muito obrigada. E hoje, por aquelas palavras que usei, eu mereço uma nota zero e, mais uma vez, eu peço perdão”

Glenda Kozlowski no Show do Esporte, após a transmissão da Fórmula 1

Em uma entrevista feita em 2021, Nelson Piquet utilizou o termo “neguinho” ao comentar o acidente envolvendo o britânico e o holandês Max Verstappen, que é genro do brasileiro.

“O neguinho meteu o carro e não deixou (Verstappen desviar). O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem. A sorte dele foi que só o outro se f*deu. Fez uma p*ta sacanagem”, criticou o brasileiro, em entrevista ao jornalista Ricardo Oliveira.

Como resposta, a Federação Internacional de Automobilismo, a Mercedes e a Fórmula 1 repudiaram a fala de Piquet, criticando o termo usado pelo ex-piloto.

Assista ao trecho do Show do Esporte em que Glenda comenta a fala racista de Nelson Piquet contra Lewis Hamilton:

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesfamosos

Mais lidas
Últimas notícias