Festival cancela homenagem a ator da Globo preso por pedofilia

Em nota, o CineFantasy confirmou o cancelamento e disse que “não tem controle sobre a vida pessoal dos homenageados”

Preso nessa quinta-feira (15/9) em flagrante pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável, José Dumont não será mais homenageado no CineFantasy, marcado para este mês em São Paulo.

O evento planejava exibir pelo menos quatro filmes estrelados por Dumont. Após a notícia da prisão circular, a página do site que mencionava a homenagem foi desativada e emitiu um comunicado confirmando o cancelamento.

“É com muito pesar que a organização da 14ª Edição do CineFantasy acaba de cancelar a homenagem e a Mostra dedicada ao ator José Dumont. Devido aos acontecimentos recentes envolvendo o ator, lamentamos e registramos que a organização não tem controle sobre a vida pessoal dos homenageados e foi escolhido pela sua bela carreira profissional”, diz o comunicado.

1/8
José Dumont
José Dumont como Coronel Eudoro Mendes
José Dumont como Silvio em Segunda Chamada
Tião das Cacimbas, personagem de José Dumont em Onde Nascem os Fortes
José Dumont
José Dumont

Dumont foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (15/9), por armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável.

A polícia enquadrou o veterano no crime previsto no Artigo 241-B do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). O Metrópoles revelou, com exclusividade, que o artista usou do dinheiro e da fama para abusar de um menino de 12 anos.

De acordo com as investigações, o global oferecia presentes à vítima com o objetivo de conseguir beijar o menino na boca e fazer carícias nas partes íntimas dele. Tudo foi filmado por câmeras de segurança. O material em vídeo deu origem à apuração.

Durante as buscas na casa do ator, foram encontrados, tanto no computador pessoal quanto no telefone celular de José Dumont, imagens e vídeos de sexo envolvendo crianças. Além disso, Dumond também é responsabilizado pelo crime de estupro de vulnerável, por atrair a atenção de um adolescente de 12 anos, que era seu fã, e desenvolver um relacionamento abusivo com o garoto.

Nas imagens, é possível ver o momento em que o ator é levado para a viatura policial por um agente, enquanto outro policial carrega a CPU pessoal de Dumont com as informações armazenadas. Na sequência, é registrada a chegada do investigado à delegacia. Veja: