Busca

Ator sobre interpretar Jeffrey Dahmer: “Uma das coisas mais difíceis”

Evan Peters interpreta o serial killer estadunidense na série de sucesso da Netflix, que chegou ao TOP1 das mais vistas

A série Monstro: A História de Jeffrey Dahmer chegou ao TOP1 das séries mais assistidas da Netflix pouco tempo depois de sua estreia. O personagem principal da história é interpretado pelo ator Evan Peters, que abriu o jogo sobre como foi interpretar o serial killer.

“Eu estava muito assustado com todas as coisas que Dahmer fez, e mergulhar nisso e tentar me comprometer [interpretar esse personagem] seria absolutamente uma das coisas mais difíceis que eu já tive que fazer na minha vida porque eu queria que fosse muito autêntico”, pontuou o artista durante uma entrevista à Netflix.

1/7
Dahmer: Um Canibal Americano estreou em 21/9 na Netflix
O serial killer seduzia as vítimas e oferecia dinheiro antes de torturá-las e matá-las
Jeffrey Dahmer matou 17 homens em idades adultas e adolescentes
A série recria cenas do juglamento de 1992
Dahmer foi espancado até a morte no presídio

“Mas, para fazer isso, eu teria que ir a lugares realmente escuros e ficar lá por um longo período de tempo”, explicou o ator.

Evan também expressou a importância da equipe da Netflix. “Devo dizer que a equipe foi fundamental para me manter no corrimão. Não posso agradecê-los o suficiente e não poderia ter feito nada desse papel sem eles… Foi um desafio tentar ter essa pessoa que era aparentemente tão normal, mas por baixo de tudo isso, tinha todo esse mundo que estava mantendo em segredo de todos”, completou.

Na sequência, o ator expressou como tratou famílias das vítimas. “Foi importante respeitar as vítimas e as famílias das vítimas para tentar contar a história da forma mais autêntica possível”, declarou.

A estreia da série Dahmer: Um Canibal Americano na Netflix atraiu fãs de true crime, mas também hates da família de uma das vítimas do serial killer. Eric, primo de Errol Lindsey, que foi morto pelo assassino aos 19 anos, usou as redes sociais para condenar a produção e falar como a família se sentiu. 

“Eu não estou dizendo a ninguém sobre o que assistir. Eu sei que a mídia de true crime é enorme agora, mas se você está realmente curioso sobre as vítimas, minha família (os Isbells) está furiosa com essa série”, afirmou ele no Twitter. Eric ressaltou ainda que rever a história faz com que eles também revivam sentimentos dolorosos.