*
 

Em toda sua vida, Gabriel García Marquez, laureado com Nobel de literatura em 1982, escreveu apenas uma única peça: “Diatribe de Amor”. Essa obra, ainda inédita no Brasil, será encenada gratuitamente em formato de leitura cênica nesta quarta-feira (23/11), na Universidade de Brasília.

No monólogo que ocorre em um único ato, Graciela comemora as bodas de prata de seu casamento de modo bastante peculiar. Ao invés de tratar a data como um momento de alegria, ela aproveita para revelar ao público as infelicidades que marcaram seu longo relacionamento amoroso.

Enquanto isso, um homem ao fundo – o marido – permanece sentado em silêncio, com o jornal levantado na frente do rosto, posição em que permanece até Graciela agir de maneira completamente inesperada.

A apresentação do texto na capital ocorre por conta do trabalho de pesquisa do mestrando em literatura pela Universidade de Brasília (UnB) André Aires, que traduziu a obra e também é diretor da leitura cênica.

Diatribe de amor
Nesta quarta (23/11), às 19h. No módulo 6 do ICC Sul (subsolo do Minhocão) da Universidade de Brasília. Entrada franca.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Teatro