*
 

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) lançou nesta quarta-feira (16/5) o almanaque A Turma da Mônica e a Indústria de Defesa.  O objetivo do governo é ampliar, entre crianças e jovens, os conhecimentos sobre o papel e as profissões relacionadas às Forças Armadas.

A um custo de R$ 300 mil foram produzidas 200 mil revistinhas em quadrinhos de 100 páginas, com apenas uma história e alguns passatempos abordando o papel das Forças Armadas. Foram tratados temas como as riquezas naturais do país, a importância do monitoramento de fronteiras, defesa cibernética, veículos militares, resgate e salvamento de pessoas, combate a incêndios de grandes proporções e ajuda humanitária.

“Conseguimos, com esse projeto, passar de forma leve e tranquila informações sobre a defesa via linguagem dos quadrinhos. Passamos noções de cidadania, ética e também sobre o trabalho das Forças Armadas.

Segundo pesquisas que fizemos, cada revistinha nossa cai nas mãos de 4 ou 5 pessoas. Com isso, esse almanaque terá um alcance de 400 mil pessoas, para começar”, disse Maurício de Sousa durante o lançamento do almanaque.

Além de explicar as diferenças entre Exército, Marinha e Aeronáutica, bem como as diversas profissões e áreas de conhecimento que compõem as Forças Armadas, o almanaque apresenta conceitos que nem sempre fazem parte do mundo infantil, como o da Amazônia Azul (riquezas minerais e biológicas do mar brasileiro), e explica os benefícios que alguns equipamentos e tecnologias militares podem proporcionar à população – caso do satélite geoestacionário que levará internet banda larga a locais onde ainda não existe esse tipo de serviço.

 

 

COMENTE

GovernoExércitoturma da mônica
comunicar erro à redação

Leia mais: Quadrinhos