*
 

Justin Timberlake foi o responável por fazer o show do intervalo do Super Bowl 52, na noite deste domingo (4/2). Em apresentação cheia de hits, o ponto alto (e mais polêmico) ocorreu quando surgiu no estádio uma projeção do astro Prince.

Justin e o Prince virtual cantaram o clássico I Would Die 4 You. Durante a interpretação, os bairros próximos ao estádio foram iluminados de lilás, promovendo uma linda imagem.

Prince, que morreu em abril de 2016, era de Minessota, onde ocorre o Super Bowl – com a disputa entre New England Patriots e Philadelphia Eagles. Em vida, o astro sempre se mostrou contrário ao uso de projeções e hologramas. Mesmo assim, Justin optou por inserir a tecnologia na apresentação.

Streeter Lecka/Getty Images

Telão com as imagens de Prince

 

Polêmicas à parte, o show do popstar foi bem executado – ao melhor estilo Justin. O cantor, que surgiu com a boyband N’Sync, mostrou sua imensa capacidade de produzir hits.

O show começou com Filthy e seguiu para um medley de Rock Your Body com SexyBack. Justin, então, visitou um de seus trabalhos mais elogiados. De “20/20 Experience”, ele cantou Suit & Tie.

Em seguida, veio a homenagem a Price. O espetáculo terminou com Can’t Stop the Feeling e Mirrors, com um bonito jogo de espelhos.

Contrariando expectativas, Janet Jackson não se apresentou ao lado do popstar. Em 2004, os dois se envolveram em um incidente que terminou com a cantora exibindo os seios e sendo muito criticada.

Kevin C. Cox/Getty Images