Ex-empresário tenta substituir Jorge e Mateus com “inimigos”

Marquinhos, como é conhecido, teria tentado contratar artistas com Henrique e Juliano para o festival Villa Mix

atualizado 16/03/2020 15:27

Jorge e MateusDivulgação

À frente do festival Villa Mix, que contou com a participação de Jorge e Mateus por muito tempo, o empresário Marcos Araújo já corre atrás de sertanejos para substituir a dupla no evento. De acordo com o jornalista Leo Dias, do portal UOL, Marquinhos — como é conhecido — tentou negociar com “seu inimigo número 1”, o Work Show.

Conforme Dias, o escritório é responsável por duplas como Zé Neto e Cristiano, Henrique e Juliano e Maiara e Maraisa. O ex-empresário de Jorge e Mateus trava uma luta na Justiça contra os ex-clientes, com quem trabalhou por mais de 10 anos.

0

Contudo, a atitude de contratar Henrique e Juliano para o Villa Mix, segundo Dias, soou provocativa. Marquinhos, porém, garantiu não querer prejudicar Jorge e Mateus.

“Eu não posso ficar de maquiavélico numa situação que na verdade não existiu. Contratar alguém pra atrapalhar Jorge e Mateus? Jamais! Estou sim em uma demanda comercial do Jorge e Mateus. Mas não pretendo nunca prejudicá-los em nada. Sou grato a respeito tudo que conquistamos juntos”, disse.

O empresário revelou, ainda, que tentou outras contratações para o festival em Goiânia (GO). “Então com a Work Show eu não só tentei contratar Henrique e Juliano mas também tentei Marília Mendonça e Zé Neto e Cristiano”, disse.

De acordo com Dias, o rompimento da parceria entre Jorge e Mateus e o escritório AudioMix ocorreu em dezembro de 2019. Marquinhos, então, processou a dupla, pedindo mais de R$ 31 milhões após os sertanejos não renovarem contrato e afirmarem que passariam a administrar a própria carreira.

O advogado do AudioMix, Roberto Fonseca, declarou que o valor de R$ 31 milhões é considerado pequeno ao compará-lo com o que a dupla ganhou nos 10 anos de trabalho com o escritório.

Últimas notícias