Entenda como o TikTok virou a nova fábrica de hits no mercado musical

Ao viralizar na rede social, as faixas alcançam o primeiro lugar nas paradas: novidade tem alterado até mesmo a forma de fazer música

atualizado 07/07/2020 19:46

Vitão e Luisa Sonza no clipe de FloresReprodução

Transformar uma canção em hit nunca foi uma tarefa fácil, mas artistas do mercado fonográfico ganharam um novo aliado: o TikTok. O aplicativo, que se popularizou no Brasil durante a pandemia da Covid-19, tem tido grande impacto na forma do brasileiro consumir e compartilhar música, levando lançamentos ao topo da lista de mais ouvidas nos serviços de streaming do país.

Uma batida marcante que inspire coreografias divertidas e desafios instigantes. Isso é tudo que uma música precisa para viralizar entre os usuários do TikTok. Com essa receita, artistas ainda pouco conhecidos nacionalmente têm conquistado seu espaço na indústria musical.

É o caso da faixa Tudo no Sigilo, de Vytinho NG e Mc Bianca, que encabeçou as paradas da Deezer por vários dias, impulsionada pelos vídeos na rede social. O sucesso no TikTok refletiu em outras mídias como o YouTube, onde o funk já ultrapassou a marca de 60 milhões de views.

@anygabriellyofficial

Lancei a braba ?✨#Fyp

♬ Tudo no Sigilo – Vytinho NG & Bianca

O TikTok revelou, ainda, outros artistas e sons nas últimas semanas: Na Raba Toma Tapão, de Niack, virou meme e está entre as 20 mais ouvidas de junho — alcançando inclusive o primeiro lugar, onde ficou por vários dias. Luisa Sonza e Vitão também garantiram seus nomes entre os artistas mais escutados nas plataformas. Com o lançamento de Flores, a challenge do hit conquistou personalidades que rechearam a rede social com danças sensuais.

Representante da nova safra de cantores pop brasileiros, Aya acaba de lançar um clipe disponibilizado com exclusividade no TikTok. O vídeo de apenas um minuto foi filmado na vertical, formato próprio da nova rede social, e conta com uma pegada descolada e colorida.

@ayapqsim

Já que todo mundo faz clipe no YT a gente faz no TIKTOK. Eu e o @rossi.rodrigo colocamos 50 flamingos numa cama ?

♬ Amor Antissocial – AYA

O impacto do TikTok no mercado fonográfico mundial não é de hoje. Começou com a fuão do aplicativo ao Musical.ly, em 2018. A primeira experiência bem-sucedida foi a do rapper norte-americano Lil Nas X e o sucesso orgânico do hit Old Town Road. Graças ao desafio que levou pessoas de todas as idades a postarem vídeos dublando ou dançando a música, a faixa bateu recorde em número de semanas seguidas ocupando o primeiro lugar no ranking de mais tocadas no Estados Unidos.

Buttercup, de Jack Stauber, Lalala, Y2K e bbno$, Dance Monkey, de Tones and I, e Death Bed, de Powfu, são alguns dos hits internacionais que também se popularizaram no TikTok. No Brasil, a função da plataforma estourou no Carnaval 2020 com Tudo Ok. A parceria de Thiaguinho MT, Mila e JS O Mão de Ouro fez famosas filmarem seus looks e se mostrarem “prontos para o bailão”.

0

Últimas notícias