Aos 61 anos, cantor Augusto César morre vítima da Covid-19

O artista pernambucano se tornou popular no Nordeste com suas interpretações de canções românticas

atualizado 21/04/2021 15:07

Cantor Augusto Cesar morreReprodução/Redes Sociais

O cantor Augusto César morreu na noite dessa terça-feira (20/4) vítima da Covid-19. Aos 61 anos, o artista pernambucano era diabético e teve insuficiência renal agravada pelo novo coronavírus.

Augusto César estava internado desde segunda-feira (19/4) no Hospital Hapvida, localizado em Recife. O cantor chegou a ser intubado na tarde de terça-feira (20/4) mas, à noite, sofreu uma série de paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. Ele faleceu por volta das 22h.

De acordo com o filho do cantor, Elton Luna, em entrevista ao G1, Augusto César  deu entrada na unidade de saúde com um quadro de insuficiência respiratória. Diabético, ele sofria de insuficiência renal grave. O cantor deixa quatro filhos e duas netas.

O artista se tornou conhecido, principalmente no Nordeste, ao interpretar canções românticas que marcaram gerações. Suas músicas mais populares são Escalada, Ela vai ter que decidir, Ela acabou comigo e Como posso te esquecer.

Sepultamento

O sepultamento de Augusto César será nesta quarta (21/4), no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Recife. A direção do local pediu para que os fãs não compareçam à cerimônia, devido ao diagnóstico do cantor antes da morte e à pandemia de Covid-19 .

Após o anúncio da morte do artista, o prefeito Yves Ribeiro (MDB) decretou luto de três dias em Paulista, cidade do Grande Recife onde Augusto César nasceu.

Últimas notícias