*
 

Cantora desde os oito anos de idade, Glória Bomfim é um dos novos nomes do samba nacional. A artista já trabalhou como cozinheira na casa de Renato Aragão e posteriormente, na mesma função, na casa de Paulo César Pinheiro e Luciana Rabello, casal que ajudou a impulsionar a carreira de cantora de Glória. A artista volta à capital federal nesta terça (13/9) pelo projeto Samba de Bamba, na Caixa Cultural.

Na adolescência, a baiana frequentou as rodas de samba na quadra da Portela, onde interpretava sambas de João Nogueira, Mauro Duarte, Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro. Em 2007, lançou seu primeiro disco “Santo e Orixá”, e em 2011, seu segundo álbum, intitulado “Anel de Aço”, pelo selo Quitanda, de Maria Bethânia.

Acompanhada por um quinteto musical, a cantora apresentará ao público brasiliense canções de seu disco “Anel de Aço”, tais como “Cavalo de Santo”, “Senhor da Justiça”, “Gameleira Branca” e “Encanteria”, além de outras composições.

Samba de Bamba – Glória Bonfim
Nesta terça (13/9), às 20h, no Teatro da Caixa Cultural Brasília (Setor Bancário Sul, Quadra 4, Lotes 3/4). Ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Não recomendado para menores de 12 anos.

 

 

COMENTE

Caixa CulturalSambasamba de bambaGloria Bomfim
comunicar erro à redação

Leia mais: Música