Polícia investiga ameaça contra J.K. Rowling após apoio a Rushdie

Um porta-voz da polícia na Escócia afirmou que as ameaças acontecem após a autora postar uma mensagem de apoio a Shalman Rushdie

atualizado 14/08/2022 19:30

Bruce Glikas/Bruce Glikas/FilmMagic

A polícia britânica investiga uma ameaça de morte contra a escritora J.K. Rowling, responsável pela saga de sucesso Harry Potter. Um porta-voz da polícia na Escócia afirmou que as ameaças acontecem após a autora postar uma mensagem de apoio a Shalman Rushdie, esfaqueado em Nova York, nos Estados Unidos.

Após Rowling desejar melhoras ao escritor, um internauta, que se define como estudante e ativista político de Karachi, no Paquistão, respondeu: “Não se preocupe, você é a próxima”.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Apesar de a mensagem ter sido deletada, a escritora postou uma captura da tela e questionou o Twitter sobre violações de suas regras. “Recebemos informações sobre uma ameaça online e nossos policiais estão investigando”, disse a porta-voz da polícia, de acordo com a imprensa internacional.

Salman Rushdie foi esfaqueado na sexta-feira (12/8) em Nova York. O suspeito é Hadi Matar, um homem de 24 anos, do distrito de Fairview, em Nova Jersey (EUA). Ele foi preso pela polícia norte-americana.

Matar invadiu o palco e deu uma facada no pescoço do autor, que também foi atacado no abdômen, no momento em que ele seria apresentado ao público. O quadro clínico de Salman Rushdie é preocupante.

Mais lidas
Últimas notícias