*
 

Imagine que seu jantar possa vir acompanhado de um trovador que declama seus poemas preferidos. Essa é a proposta do Cardápio Literário, projeto em funcionamento há 15 anos em bistrôs do Plano Piloto, criado pelo poeta manauara radicado na capital desde 1982, Adeilton Lima, de 52 anos.

O artista lançou seu primeiro livro de poesias “Sempre Diga Eu te Amo da Boca pra Dentro” (R$ 30) em outubro. A obra é vendida durante os passeios dele por espaços gastronômicos visitados pelo Cardápio Literário.

No restaurante, ele oferece um cardápio com poemas pessoais e de escritores consagrados (como Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes e Cora Coralina) para, em seguida, declamá-los em voz alta, como um trovador de tempos passados.

Entre os locais mais visitados pelo poeta estão o Sebinho Livraria & Bistrô (407 Norte), o Café Martinica (303 Norte) e o Quitinete Gourmet (209 Sul). A visita ocorre ao menos três vezes por semana, sempre em horários noturnos.

Gosto do inusitado, de ver a surpresa no rosto das pessoas. Já passei por momentos emocionantes ao vê-las derramarem lágrimas em meio aos poemas"
Adeilton Lima

Confira uma das apresentações de Adeilton, registrada pelo Metrópoles, no Sebinho:

Origens
O projeto foi pensado por Adeilton como meio de divulgar suas poesias. “Autores como eu não conseguem vender em livrarias. Temos que ir às ruas e mostrar ao público que nosso trabalho é bom”, explica.

A brincadeira começou em 2002 no famoso Café da Rua 8 – que funcionou por 10 anos na 408 Norte. Com o sucesso do projeto, Adeilton partiu para outros espaços gastronômicos da cidade e começou a comercializar suas apresentações por meio do CD “Raízes da Voz” (R$ 20).

Ao todo, o artista já vendeu mais de 3 mil CDs e 600 exemplares do livro “Sempre Diga Eu te Amo da Boca pra Dentro”.

 

 

COMENTE

Asa Nortepoesiapoemaadeilton limatrovadorcardápio literário
comunicar erro à redação