*
 

Patty Jenkins, diretora de “Mulher-Maravilha”, foi confirmada para comandar a sequência do primeiro longa-metragem dedicado à super-heroína da DC. Gal Gadot também retorna ao papel principal. O filme deve estrear no Brasil em 12 de dezembro de 2019.

Antes conhecida por “Monster: Desejo Assassino” (2003), cinebiografia sobre a serial killer Aileen Wuornos que rendeu Oscar de melhor atriz para Charlize Theron, Patty ajudou a reerguer o Universo Estendido DC (DCEU) após “Esquadrão Suicida” (2016) e “Batman vs Superman” (2016) irem bem nas bilheterias, mas serem massacrados pela crítica.

 

“Mulher-Maravilha” atraiu elogios da maior parte da crítica e acumulou US$ 816 milhões na bilheteria mundial. A arrecadação nos Estados Unidos foi especialmente relevante para a sobrevivência do DCEU: US$ 410 milhões, segunda maior marca de 2017, atrás dos US$ 504 milhões de “A Bela e a Fera”.

Desta vez, Patty também terá crédito no roteiro do longa. O primeiro tratamento de “Mulher-Maravilha 2” carrega assinatura da cineasta e de Geoff Johns, que supervisiona o DCEU ao lado de Jon Berg, executivo da Warner Bros., estúdio responsável pelos filmes da editora.

 

 

COMENTE

mulher maravilhawonder womangal gadotPatty Jenkins
comunicar erro à redação

Leia mais: Cinema