Oscar 2020: Democracia em Vertigem está entre os pré-indicados 

Documentário de Petra Costa segue na disputa à estatueta, enquanto A Vida Invisível acabou ficando de fora do top 10

O Brasil pode ter um representante no Oscar 2020. O documentário Democracia em Vertigem, da diretora Petra Costa, está entre os pré-indicados a Melhor Documentário na lista divulgada pela Academia na última segunda-feira (16/12/2019). 

Eleito entre os 10 melhores filmes do ano pela New York Times, o documentário acompanha a ascensão do ex-presidente Luiz Inácio da Silva à presidência e o impeachmeant de Dilma Rousseff. O filme está disponível na Netflix, que comprou os direitos do doc após a corrida em festivais internacionais. 

Outra esperança de uma possível indicação, o longa brasileiro A Vida Invisível acabou ficando de fora da lista divulgada pela Academia. Dirigido pelo cearense Karim Aïnouz, o filme era cotado para a categoria de Melhor Filme Internacional. Favorito na disputa pela estatueta, Parasita, da Coreia do Sul, está na seleção anunciada.

Do diretor Bong Joon Ho, o filme venceu a Palma de Ouro em Cannes este ano e emplacou indicações ao Globo de Ouro para melhor diretor, melhor roteiro e melhor filme estrangeiro. Possível concorrente, Dor e Glória, dirigido por Pedro Almodóvar e estrelado por Antonio Banderas, também está entre os 10 pré-indicados.  

A cerimônia do Oscar está marcada para o dia 9 de fevereiro de 2020, em Los Angeles.