Filmes lançados em streaming e drive-ins poderão ser indicados ao Oscar

Por causa da pandemia de Covid-19, Academia revogou regra sobre período de exibição em cinemas

atualizado 08/10/2020 17:41

OscarRodin Eckenroth/Getty Images)

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas revogou a regra que obrigava os filmes a ficarem em exibição por sete dias nos cinemas. Com isso, longas que estrearam no streaming, em serviços on demand ou drive-in poderão concorrer ao Oscar 2021.

Por conta da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, os longas deverão ser disponibilizados aos membros da Academia em um período de até 60 dias após a estreia.

Outra novidade é que a organização vai passar a reconhecer os drive-ins como salas de cinemas, com os filmes cujas as estreias foram planejadas para estabelecimentos tradicionais seguindo a mesma regra de sete dias seguidos de exibição aplicada há anos pela entidade.

0

Em pouco mais de 30 dias, essa é mais mudança da Academia nas regras de seleção para o Oscar. Anteriormente, a Academia anunciou um novo regulamento na busca por aumentar a representatividade em grandes produções de Hollywood.

Últimas notícias