Emancipation: Will Smith poderá concorrer ao Oscar após ser banido?

Ator vai protagonizar o longa, que estreia na Apple TV+ em dezembro. Mas ele poderá concorrer ao prêmio do cinema no ano que vem?

O ator Will Smith vai protagonizar o seu primeiro filme após a confusão com Chris Rock no Oscar 2022. Emancipation, longa de Antoine Fuqua, chega ao Apple TV+ em dezembro, e o streaming coleciona expectativas para indicações ao maior prêmio de cinema do mundo. Mas a dúvida que fica é: a estrela poderá ganhar mais uma estatueta?

Vale lembrar que, na premiação deste ano, Smith deu um tapa no rosto de Chris Rock durante a cerimônia após o comediante fazer piada com sua esposa, Jada Pinkett Smith. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, por sua vez, baniu o astro da cerimônia pelos próximos 10 anos.

1/11
Willard Christopher Smith Jr, mais conhecido como Will Smith, nascido em 1968, é um ator, cantor, compositor e produtor musical norte-americano. Natural da Filadélfia, EUA, Will é considerado um dos maiores artistas do planeta
Talentoso, Will começou a carreira musical ainda na infância. Na adolescência conheceu Jeff Townes e juntos formaram a dupla raper Dj Jazzy Jeff & The Fresh Prince
Com a música, os jovens conquistaram grande notoriedade e, com o tempo, passaram a ver a carreira decolar. Em 1989, ganharam o primeiro Grammy na categoria melhor performance rap e, anos depois, outro pela canção Summertime
Com o sucesso, veio o convite para estrelar The Fresh Prince of Bel Air – conhecido no Brasil como Um Maluco no Pedaço. Na série, que tem seis temporadas, Will interpretou um jovem rebelde, porém esperto, que deixou a vida na Filadélfia para morar com os tios em Bel-Air
O sucesso da comédia, finalizada em 1996, foi tão grande que Will rapidamente se tornou uma grande estrela. Migrando da TV para o cinema, o jovem já emprestou a voz para personagens de desenhos animados e protagonizou grandes longas nas telonas, tais como: Bad Boys, Independence Day, Homens de Preto, À Procura da Felicidade, Mohammed Ali, Sete Vidas, Eu sou a lenda, Eu Robô, entre outros
E o reconhecimento não parou por aí. Considerado um dos atores mais bem pagos da última década pela Forbes, Will já foi indicado ao Oscar como melhor ator pelo filme Ali, em 2001, e pelo filme À Procura da Felicidade, em 2006. Contudo, foi em 2022 que o ator conseguiu vencer a indicação pela performance em King Richard
Will é pai de Willard "Trey" Smith III, fruto do primeiro casamento do ator, Jaden Christopher Syre Smith e Willow Camille Reign Smith, fruto da relação com a atual esposa Jada Koren Pinkett
Durante a carreira, Smith colecionou algumas polêmicas, a mais recente, inclusive, ocorreu durante a cerimônia de premiações do Oscar 2022. Na ocasião, Will agrediu o ator Chris Rock com um tapa na cara após o comediante fazer piada com a cabeça raspada de Jada. A atriz, na verdade, sofre de alopecia, condição autoimune associada à queda de cabelos

De acordo com a revista Variety, Will Smith pode ser indicado e até ganhar um prêmio, mas não pode subir ao palco para receber sua estatueta e nem aceitá-lo virtualmente. Ele também está impedido de promover o filme em quaisquer eventos organizados pela Academia.

A limitação de Smith abre vantagem para os seus concorrentes: Brendan Fraser (The Whale), Austin Butler (Elvis), Colin Farrell (The Banshees of Inisherin) e Hugh Jackman (The Son).

É válido pontuar que Smith pode ser indicado não só a Melhor Ator por Emancipation, já que atua como produtor do longa. A Apple TV+ espera que, até a premiação do ano que vem, a polêmica já terá esfriado.

No longa baseado em fatos reais, o artista premiado como melhor ator por King Richard interpreta um escravo que atravessa os pântanos do estado norte-americano da Louisiana em fuga. O objetivo dele, além de se livrar do trabalho sem pagamentos, é se reunir novamente com a família.

“Esse foi o filme mais difícil que eu já fiz. Sangue, suor e lágrimas… literalmente”, avaliou Smith nas redes sociais.