Cinema é atração mais esperada por jovens ao fim da quarentena, diz estudo

Pesquisa diz que 75% das pessoas entre 16 e 24 anos querem o retorno do funcionamento das telonas

A flexibilização do isolamento social, uma das medidas de combate ao novo coronavírus, está ocorrendo nas principais cidades do Brasil. De forma gradual, os estabelecimentos têm retornado às atividades, como bares e restaurantes. No entanto, uma das principais formas de entretenimento ainda segue sem data para o retorno: cinemas estão fechados até segunda ordem.

Mesmo com opções de funcionamento de drive-in e o crescimento da demanda em serviços de streaming, o público está saudoso de assistir a filmes na grande tela. O movimento #JuntosPeloCinema, que reúne redes e distribuidores do Brasil, pesquisou junto a 27 mil pessoas e concluiu que 75% dos jovens, entre 16 e 24 anos, colocam a volta do cinema como a prioridade no retorno das atividades de entretenimento.

Ainda segundo o movimento, o passeio ao ar livre ocupa o segundo lugar da preferência, com 37,5% dos votos. Cerca de 80% dos jovens ainda afirmam que, no futuro, a frequência de ida ao cinema deve se manter igual ou maior ao que era antes da pandemia.

A pesquisa ainda aponta que 70% dos cinéfilos devem retornar aos cinemas logo no primeiro mês de reabertura e que esse público afirma confiar nas medidas de segurança que serão adotadas.

O alto interesse dos jovens reflete o adiamento das principais filmes de ação, super-heróis e blockbusters do momento. Com destaque para os longas sobre três heroínas, Mulan, Mulher-Maravilha e Viúva Negra.

1/5
Mulan
Tenet, novo filme de Christopher Nolan, sofreu novo adiamento e tem estreia indefinida
Os Novos Mutantes deve chegar aos cinemas no dia 28 de agosto
Viúva Negra tem estreia marcada para 7 de maio de 2021
Divulgação/ Warner Bros. Pictures

Por fim, entre o público geral, 70% das pessoas afirmam que o que mais sentem falta nos cinemas é a experiência, algo que não é possível reproduzir em casa. E 98% dos participantes associam às salas com sentimentos positivos.

Pelo mundo

Em alguns países que apresentam o cenário controlado, os cinemas já têm voltado a operar normalmente. Coreia do Sul, Nova Zelândia, Estados Unidos, Islândia, Noruega, Portugal e Suécia estão na lista.

De forma geral, todos os países citados adotaram medidas básicas, como a restrição do número de espectadores em cada sala, distanciamento de lugares e desinfecção constante do espaço com álcool em gel e desinfetante.

1/8
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles
Yanka Romão/Arte/Metrópoles