Youtuber brasiliense morto nos EUA é enterrado nesta quarta no DF

Luis Carlos Júnior, conhecido nas redes como Júnyork, foi atropelado e morto por um caminhão na Geórgia (EUA), em 5 de março

atualizado 24/03/2022 15:04

Junyork, influencer do DF, é morto atropelado nos EUA . Ele usa camisa regata preta e tira uma selfie em frente à estátua do Cristo RedentorArquivo Pessoal

O youtuber brasiliense Luis Carlos Carvalho Júnior, mais conhecido como Júnyork nas redes sociais, foi enterrado na tarde desta quarta-feira (23/3) no Cemitério de Sobradinho. Puderam comparecer à despedida apenas familiares e amigos próximos.

O corpo do rapaz foi trazido de volta à capital após a família arrecadar 10 mil dólares para pagar o traslado do corpo. “Graças a Deus a gente conseguiu atingir o que a gente precisava pra trazer ele, para ele ser enterrado em Sobradinho, onde nasceu e desejava ser enterrado”, disse Scarlety Vasconcelos, amiga do influenciador.

Saiba quem é Júnyork, o youtuber do DF atropelado e morto nos EUA

Segundo ela, todos estavam muito emocionados, já que Júnyork era “um pilar da família”.

0
Acidente nos EUA

Júnior foi morto aos 28 anos em 5 de março, atropelado por um caminhão na rodovia St. Georgia 95, no estado da Geórgia (EUA), onde o jovem morava. Ele trocava o pneu do carro quando foi atingido pelo veículo e não resistiu aos ferimentos.

O rapaz postava nas redes conteúdos diversos, como dança e humor. Sua conta no Instagram tem 437 mil seguidores. Antes de se mudar para os EUA, ele morava em São Sebastião, onde os parentes ainda residem. O influenciador tem vários materiais publicados no seu canal no YouTube gravados na capital do país. Júnyork conseguiu a cidadania americana em 2020.

Em vídeo gravado no mês de janeiro de 2021, Júnior explicou que, desde os 11 anos de idade, tinha o sonho de dançar na Broadway. Ele começou a dançar aos 14 anos, o que só aumentou o sonho do então adolescente.

Depois de ter dois vistos de turismo negados para os EUA, o influencer começou a se relacionar com um americano pela internet e, então, conseguiu o visto de noivo para morar no país norte-americano. Ele se mudou em 2020 e no mesmo ano conseguiu a cidadania americana.

“Você tem de ser uma pessoa persistente; tem que persistir no seu sonho”, afirmou o influencer à época.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

 

Mais lidas
Últimas notícias