Vídeo. Bêbado, motorista é preso no DF e chora: “Sou um desgraçado”

Segundo o Detran, o condutor, de 20 anos, tentou atropelar agentes e fugiu em alta velocidade após avistar uma blitz no Distrito Federal

ReproduçãoReprodução

atualizado 25/06/2019 15:59

Preso após fugir de uma blitz, um motorista bêbado chorou compulsivamente na presença de agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) e integrantes da Polícia Militar do DF (PMDF). “Minha mãe sempre trabalhou para me dar tudo na vida”, relatou, aos prantos. “Me mata, por favor”, suplicou em seguida. De acordo com o Detran-DF, ele tem 20 anos e tirou a primeira habilitação há dois anos.

O Detran-DF disse que o condutor do Volkswagen Voyage de cor prata tentou atropelar os profissionais da autarquia e fugiu em alta velocidade depois de avistar uma blitz, por volta das 20h desse domingo (23/06/2019), em Brazlândia. Durante a perseguição, porém, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste na altura da Quadra 7 do Setor Tradicional.

Nos vídeos que circulam nas redes sociais, ele nega que tenha tentado, intencionalmente, acertar servidores do Detran-DF com o carro. “Foi sem querer”, declarou.

Confira as imagens:

O teste do bafômetro apontou 0,72 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, índice que configura crime de trânsito. O Detran-DF informou que o motorista foi encaminhado à 24ª Delegacia de Polícia (Setor O de Ceilândia) e vai responder por evasão de blitz, alcoolemia, direção perigosa e desacato.

Últimas notícias