Veja quem pode se vacinar contra Covid nesta quarta no DF

GDF aguarda nova remessa para ampliar idade de imunização. Pessoas agendadas e aquelas que aguardam a segunda dose receberão a proteção

atualizado 21/07/2021 7:52

Vacina contra a Covid-19Arthur Menescal/Especial Metrópoles

Pessoas com mais de 40 anos que agendaram na última sexta-feira (16) para receber a dose 1 da vacina contra a Covid-19 e aqueles já previstos para receber a dose 2 serão o público imunizado no Distrito Federal nesta quarta-feira (21/7).

O Distrito Federal conseguiu vacinar 50% da população adulta com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Das 2.309.940 pessoas com 18 anos ou mais, 1.156.905 pelo menos começaram o processo de imunização.

Nessa segunda-feira (19), o secretário-chefe da Casa Civil do DF, Gustavo Rocha, adiantou que o Governo do Distrito Federal (GDF) pretende reduzir para 37 anos a idade mínima para vacinação. Isso deve acontecer apenas após o Ministério da Saúde enviar remessa de pouco mais de 92 mil doses de imunizantes, o que é previsto para esta semana.

0

Gustavo Rocha também anunciou que o DF pretende vacinar 184 mil pessoas até o fim do mês com a D2. Até esta sexta, serão 55 mil imunizados.

“De hoje até o dia 31, nós temos que vacinar 184.817 com a segunda dose [da vacina]. De hoje até sexta-feira, nós temos 55 mil pessoas para vacinar. Hoje, o que nós temos aguardando a vacinação são em torno de 170 mil doses e estamos aguardando a remessa, nesta semana, para completar como segundas doses para poder aplicar na população que já tomou a primeira”, disse.

Educação

Além disso, a antecipação da segunda dose para os professores e demais profissionais da rede educacional do Distrito Federal está mantida. Segundo o secretário, o objetivo é garantir a retomada das aulas no início do segundo semestre, prevista para 2 de agosto.

“Com relação aos professores, a partir de 26 de julho teremos a antecipação da segunda dose”, disse. Segundo o chefe da pasta, a Secretaria de Saúde vai divulgar como acontecerá a vacinação dos docentes no momento adequado.

Últimas notícias