Veja como foi agenda dos candidatos ao Palácio do Buriti nesta segunda

A reportagem está cobrindo a agenda dos seis candidatos mais bem pontuados nas pesquisas Metrópoles/Ideia

atualizado 29/08/2022 23:35

Arte/Metrópoles

Candidatos ao governo do Distrito Federal foram às ruas nesta segunda-feira (29/8) com a intenção de angariar votos para o próximo 2 de outubro. As agendas ocorreram no Guará; na Universidade de Brasília (UnB), campus Darcy Ribeiro; Gama e Rodoviária do Plano Piloto. Os postulantes estão em campanha pela capital federal desde 16 de agosto.

Presidente, governador, senador e deputado: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022

A reportagem está cobrindo a agenda dos seis candidatos mais bem pontuados nas pesquisas Metrópoles/Idea.

Ibaneis Rocha (MDB)

Pela manhã, o atual governador e candidato a reeleição realizou uma série de reuniões no próprio gabinete, no Palácio do Buriti.

À noite, ele foi a um encontro com pastores e líderes da Frente Cristã por Brasília em uma churrascaria do Guará. Ao discursar, Ibaneis pediu votos aos aliados Jair Bolsonaro (PL), Flávia Arruda (PL) e Rafael Prudente (MDB). “Nós precisamos do voto pro presidente Bolsonaro”, disse.

O governador ressaltou ainda o trabalho da igrejas frente à população durante a pandemia da Covid-19 e a regularização de terras para templos religiosos. Na ocasião o bispo Robson Rodovalho pediu um novo mandato a Ibaneis. “O governador merece um novo mandato ainda no primeiro turno. O governador tem meu respeito pela entrega política que ele fez, está fazendo e está disposto a fazer pelo DF. Conte com a gente para tornar a missão mais leve”.

Leila Barros (PDT)

A senadora e candidata ao GDF não participou de agendas. Ela foi submetida a uma infiltração no quadril e teve de permanecer em repouso por recomendação médica.

Izalci Lucas (PSDB)

O senador e candidato ao GDF passou a manhã fazendo gravações. À tarde, participou de uma sessão no Senado Federal e depois de uma audiência sobre Segurança Pública. Durante a noite, dá entrevista a um podcast.

Keka Bagno (PSol)

A candidata participou de reuniões e articulações políticas, sem cumprir agendas externas.

Leandro Grass (PV)

O deputado distrital e candidato ao GDF passou a manhã em reuniões internas. No começo da tarde esteve em uma palestra sobre legislação em torno da cannabis para uso medicinal.

Já no início da noite, Grass foi à cerimônia de abertura oficial da Semana Universitária da Universidade de Brasília (UnB). Lá, ele comentou sobre as melhorias na segurança que pode oferecer à UnB caso seja eleito. “A UnB tem autonomia. A presença da Polícia Militar aqui não vai ocorrer, mas a gente pode dar suporte principalmente com a questão da iluminação, com a questão da inteligência, e sempre tentar fazer desse tema não um tema apenas de combate, de resposta”, pontuou.

Logo depois realiza panfletagem na rodoviária e fecha o dia no aniversário do presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Paulo Octávio (PSD)

O empresário fez reuniões durante a manhã e no início da tarde esteve em uma parada de ônibus na W3 Sul para conversar com usuários do transporte público. Na oportunidade, ele prometeu investimentos no Metrô. “Temos de buscar investimentos do BNDES e do exterior, para que o transporte chegue a áreas não contempladas. Precisamos ainda modernizar vagões, pois muitos têm 30 anos de uso e precisam ser trocados”.

Paulo Octávio ainda destacou que no plano de 55 metas dele, o objetivo maior na área de mobilidade urbana é garantir a funcionalidade no segmento, dando qualidade de vida às pessoas. “O tempo gasto em deslocamento poderia ser usado para outras finalidades, como estar com a família, trabalho, estudo, lazer ou descanso”, afirma.

À noite, participa de uma reunião com policiais e bombeiros militares em um hotel da Asa Norte. O intuito é ouvir as demandas das categorias.

A matéria está em atualização. Na medida que as agendas forem concluídas, serão incorporadas ao texto.

Mais lidas
Últimas notícias