*
 

No dia em que os rodoviários pararam por quatro horas para pedir mais segurança no sistema de transporte coletivo do DF, a Polícia Militar registrou dois casos envolvendo violência em coletivos.

No primeiro caso, em Samambaia, considerada uma das regiões mais críticas pelos rodoviários, uma mulher teve o celular furtado nesta sexta-feira (18/11), quando estava em um ônibus que vinha em direção a Brasília.

Os policiais foram acionados e prenderam um suspeito na Rodoviária do Plano Piloto. O rapaz estava com o aparelho no bolso. Vítima e acusado foram encaminhados para a 5ª Delegacia de Polícia (área central).

O segundo caso ocorreu no Plano Piloto. A PM prendeu três suspeitos, sendo dois menores, que assaltaram um homem na 104 Norte. Logo depois, eles embarcaram em um ônibus da Expresso Planaltina. A vítima acionou os policiais militares que faziam o patrulhamento da área.

A viatura abordou o ônibus e, com um dos suspeitos, que ainda estava dentro do coletivo, foram encontrados um simulacro de revólver calibre .38 e um aparelho celular do homem assaltado na 104 Norte. Os outros dois foram achados pela polícia na altura da 211/212 Norte. Eles confessaram que a próxima ação seria assaltar o coletivo.

 

 

COMENTE

pmViolênciaColetivosassalto. DF
comunicar erro à redação

Leia mais: Transporte