*
 

O Metrô do Distrito Federal estendeu o horário de funcionamento no domingo (4/11), em virtude da realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. Habitualmente, os trens começam a circular às 7h e encerram as atividades às 19h. Excepcionalmente nos dias 4 e 11 de novembro, a operação segue até as 20h.

No domingo (4), 5,5 milhões de inscritos no Enem 2018 são aguardados em locais de prova por todo o Brasil para realizar a primeira etapa da avaliação e responder questões de ciências humanas, linguagens e códigos, além de escrever uma redação.

Além de ficar atento aos endereços e ao horário de abertura e fechamento dos portões, é essencial estar ciente da documentação a ser apresentada no dia do exame, bem como dos itens proibidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização da seleção.

Vamos fazer um checklist?
De acordo com o Inep, quando o candidato chegar ao local de prova, é preciso apresentar documento oficial de identificação com foto. Inscritos sem documentação não poderão fazer a avaliação.

Também não serão aceitos documentos em formatos eletrônicos, cópias simples ou autenticadas. Contudo, o instituto passou a permitir que o participante leve mais opções de identificação nos dias do exame.

Veja os documentos aceitos

  • Cédulas de identidade expedidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
  • Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Certificado de Dispensa de Incorporação;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
  • Identidade funcional.