Transporte de servidores ao Buriti é suspenso durante o teletrabalho

Secretaria de Economia informará os trabalhadores quando o serviço estiver disponível novamente

atualizado 02/03/2021 20:33

Joel Rodrigues/Agência Brasília

Após os servidores do Governo do Distrito Federal (GDF) voltarem ao teletrabalho como forma de evitar o crescimento de contaminações pela Covid-19, o serviço chamado de Pare no Parque será interrompido. O projeto visava diminuir o estacionamento irregular nos arredores do Palácio do Buriti.

Segundo a Secretaria de Economia, como não há demanda pelo estacionamento, não há motivo para continuar o serviço. Quando os servidores voltarem ao trabalho presencial, a pasta informará sobre o retorno do Pare no Parque.

O projeto é uma parceria da Economia com a Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) que disponibiliza dois micro-ônibus saindo do Estacionamento 1 do Parque da Cidade até o Buriti. A distância percorrida é de três quilômetros, com tempo estimado em 10 minutos.

A ideia veio para evitar o estacionamento em áreas indevidas e a ocorrência de acidentes e penalidades de trânsito nas imediações do Buriti, uma vez que as as cerca de 700 vagas públicas de estacionamento ao lado do palácio não dão conta do movimento de carros.

Últimas notícias