*
 

A Departamento de Trânsito (Detran) realiza pela primeira vez no Distrito Federal um curso voltado para os pedestres. A turma número 1 será composta por um grupo de 20 idosos, com idade entre 60 e 80 anos, os mais vulneráveis no trânsito. Dados do órgão mostram que este ano, até maio, 91 pessoas morreram em vias brasilienses, sendo a maioria (28) pedestres.

A primeira edição do curso ocorrerá entre os dias 1º e 3 de agosto, de 8h às 12h, no Sesc da 504 Sul. Ministrada por professores da Escola Pública de Trânsito do Detran, a atividade é gratuita e destina-se a pessoas que utilizam as vias públicas e não dirigem veículo automotor.

O curso será desenvolvido por meio de debates, estudos de casos de acidentes, trabalhos em grupo e atividades individuais, além de vivenciar na prática situações do trânsito, visando a aprendizagem e a conscientização dos pedestres. Ao final do curso, o participante que tiver 100% de frequência receberá um certificado.

Para o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca, o objetivo do curso é corrigir atitudes inadequadas e identificar ações seguras para reduzir os acidentes de trânsito envolvendo pedestres: “Nosso propósito é fortalecer os valores de cidadania, solidariedade e respeito à vida nas vias públicas”.

Aberto à Comunidade

Novos cursos dependem da demanda da comunidade. As inscrições, divulgação e disponibilização dos locais para a realização serão feitas em parceria com as administrações regionais, os conselhos de Segurança Comunitária (Conseg), as escolas públicas e particulares, além de empresas públicas, privadas e demais segmentos da sociedade.

Quem se interessar pelo curso, poderá solicitar pelo e-mail da Gerência de Ações Educativas do Detran: gerat@detran.df.gov.br. A única exigência é que a turma tenha no mínimo 20 participantes.

Estrutura do curso

● Vivência e comportamentos em trânsito:
– Quem é o pedestre;
– Direitos e deveres do pedestre;
– Identificando atitudes do pedestre no trânsito.

● Situações de risco para o pedestre:
– Uso do celular, fones de ouvido;
– Ingestão de bebida alcoólica, uso de drogas lícitas (medicamentos) e ilícitas;
– Uso da ciclovia e faixas de rolamento;
– Travessia;
– Embarque e desembarque nas vias;
– Crianças, idosos e PNE;
– Deslocamento em grupo.

● Adversidades:
– Calçadas, passarelas, faixas de pedestres, semáforos;
– Chuva, noite (ver e ser visto) e outras.

● Observação e identificação das diversas situações no deslocamento do pedestre,
relacionados aos temas abordados na primeira aula.

 

 

COMENTE

Detran-DFcurso para pedestres
comunicar erro à redação

Leia mais: Trânsito