“Sensação de cura”, diz 1ª enfermeira da rede particular de Saúde no DF vacinada contra Covid-19

Secretaria do Distrito Federal disponibilizou 380 doses do imunizante para a unidade do Santa Lúcia localizada no Gama

atualizado 22/01/2021 16:34

Cristina Xavier, primeira funcionária vacinadaLuísa Tavares/ Metrópoles

Pelo menos dois hospitais particulares do Distrito Federal iniciaram, nesta sexta-feira (22/1), a vacinação dos funcionários que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 com a primeira dose da Coronavac: Santa Lúcia, no Gama, e o Hospital Santa Helena, na Asa Norte.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal disponibilizou 380 doses do imunizante para a unidade do Santa Lúcia localizada no Gama. Médicos, enfermeiros, funcionários de limpeza e de segurança serão vacinados entre esta sexta e a próxima segunda-feira (25/1).

Sami Abdel, médico e diretor do Hospital, relata que a direção ficou satisfeita em saber que o Santa Lúcia seria um dos primeiros a poder imunizar seus profissionais da saúde.

“A partir de hoje os colaboradores terão mais segurança, depois de ficarem expostos à linha de frente”, afirmou o diretor.

A primeira a receber o imunizante foi a enfermeira Cristina Xavier, de 39 anos. Ela trabalha há 1 ano e 3 meses no local, sempre no combate à doença desde o início da pandemia. “Foi um momento incrível”, conta. “A sensação é de cura”.

O Santa Lúcia do Gama conta com fluxo exclusivo para pacientes com Covid-19 desde o começo de 2020, com o pico nos casos de Coronavírus. A entrada para esses pacientes fica restrita, evitando contaminação, assim como salas de medicação e UTI exclusiva.

0

Últimas notícias