*
 

A Polícia Civil identificou seis suspeitos da morte do universitário David Monteiro, 21 anos. O jovem foi assaltado, espancado e arremessado de um ônibus em movimento quando voltava de uma festa de Carnaval, em 13 de fevereiro.

De acordo com informações da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), três membros do grupo são menores de idade. Outros três têm mais de 18 anos e foram presos nesta sexta-feira (9/3). Com um deles, foi encontrado um revólver calibre .38, com seis munições intactas.

Segundo as investigações, David foi abordado por um dos criminosos. Ele disse não estar com o celular, mas o assaltante encontrou o aparelho na cintura da vítima. As agressões começaram, o grupo forçou a porta do ônibus e arremessou David do veículo em movimento.

David estudava farmácia e morava em Planaltina. No dia do crime, ele voltava de uma festa com uma prima e um amigo. Segundo o pai da moça, que pediu para não ter o nome divulgado, as prisões diminuem o medo que a família estava sentindo. “Sabíamos que eles moravam por aqui. Isso nos tranquiliza, mas ainda esperamos justiça”, afirmou.

O homem contou que está bastante preocupado com a filha. “Estamos todos muito abalados, mas ela está mais. Não fica sozinha, abandonou a faculdade, as aulas para aprender a dirigir, tudo. Pedi férias para ficar mais tempo com ela. Mas está sendo muito difícil, os criminosos foram muito violentos.”