*
 

A Polícia Militar prendeu na madrugada deste sábado (3/9), em Ceilândia Norte, nove pessoas, sendo seis homens e três mulheres, suspeitas de integrarem uma quadrilha de roubo a banco. Após informações do serviço de inteligência, uma equipe se deslocou até a QNN 25, conjunto E. Quando os policiais se aproximaram, dois homens saíram correndo, mas foram alcançados e detidos. Dentro da residência, onde estavam outras sete pessoas, foram encontrados explosivos e armamento pesado.

Durante a revista, em um dos quartos, os policiais localizaram um fuzil calibre 7.62 (de grande poder de fogo), um revólver calibre 38, uma pistola calibre .40, dois aparelhos celulares, quatro toucas tipo ninja, 14 munições calibre .40, 13 munições calibre 7.62 e seis munições calibre 38, além de cinco estojos com pólvora e estopim prontos para serem detonados.

Segundo a PM, o grupo é suspeito de ter explodido o caixa do BRB no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) no último dia 26.

Os policiais militares iniciaram a operação Petardo e solicitaram a presença dos integrantes do Esquadrão Antibomba do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que isolaram a área em um raio do alcance de cinco casas. Após a análise dos artefatos, os policiais foram para a 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia).

 

Todos os detidos são maiores de idade. Dois deles vieram de Minas Gerais e um de São Paulo. (Com informações da PMDF)

 

 

COMENTE

polícia militarceilândia norteassalto a banco
comunicar erro à redação

Leia mais: Segurança