A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de matar um homem de 80 anos durante latrocínio praticado na casa onde o idoso morava com a esposa, em Sobradinho II, no dia 23 de novembro de 2018. Os mandados de prisão foram cumpridos por investigadores da 35ª DP nesta quarta-feira (13/2), em casas de comparsas no Novo Gama (GO), Entorno do Distrito Federal.

Em 9 de janeiro, a Polícia Militar prendeu um rapaz de 19 anos que confessou participação no crime e apontou os outros dois agressores. Com o cumprimento dos mandados desta quarta, todos os envolvidos na sessão de espancamento e tortura que resultou na morte da vítima e ferimentos na esposa dele, também idosa, estão atrás das grades.

De acordo com o delegado-chefe da 35ª DP (Sobradinho II), Laércio Carvalho, o trio monitorou a rotina do casal, no setor de mansões da região, antes de invadir a residência, roubar pertences e matar a vítima. “Eles entraram na casa, bagunçaram tudo à procura de bens e levaram o carro, objetos de valor e R$ 40 mil em dinheiro”, narra o delegado.

A esposa da vítima foi trancada em um cômodo enquanto o trio agredia o idoso com pedaços de pau e ferramentas de marcenaria. “Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas morreu cerca de cinco dias depois”, diz Carvalho.

Segundo o chefe da delegacia, os suspeitos presos nesta quarta sabiam dos mandados de prisão contra eles e estavam foragidos nas casas de comparsas. Os três são moradores de Sobradinho, e um deles reside a poucas quadras do local do crime.

Os suspeitos possuem longa ficha criminal, com passagens por roubo, violência doméstica e tráfico de drogas.