Um homem de 21 anos, identificado como Mateus Barros Pereira, foi preso na madrugada deste sábado (9/2), suspeito de matar a pedradas e tijoladas o vigia de uma obra no Recanto das Emas.

De acordo com informações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), Mateus foi detido na Quadra 803 da região administrativa depois de chegar em casa com as roupas sujas de sangue. A mãe do suspeito acionou os militares e relatou que o filho havia chegado à residência dizendo que havia matado um homem para roubar os materiais de construção em uma obra próximo ao endereço da família.

Ao chegarem no local, os PMs confirmaram que o homem havia ateado fogo em suas roupas para não deixar pistas do assassinato. Ele ainda ameaçou a própria mãe de morte para evitar que ela contasse sobre o crime aos policiais e se escondeu na laje da casa.

Em vídeo, ele negou ter cometido o crime e disse que só havia brigado com a mãe. Na casa, policiais encontraram um carrinho de mão, três enxadas, duas pás, duas serras circulares, um motor elétrico, uma britadeira, além de outras ferramentas e fios.

O Corpo de Bombeiros foi até o local do crime e confirmou a morte do vigia de obras. A vítima tinha 49 anos e teve o nome preservado.

Assista ao vídeo do momento da abordagem:

Mateus acabou preso e encaminhado para a 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), responsável por investigar o caso. Ele foi autuado em flagrante por latrocínio, roubo, violência doméstica, além de lesão corporal, injúria e ameaça.