*
 

Três pessoas ficaram feridas após reagirem a ofensas homofóbicas, na madrugada desta quinta-feira (1º/11), em uma praça na na quadra 5 do Varjão. Segundo as vítimas, dois homens abordaram a transexual Ravena Silva Cordeiro, 20 anos, e perguntaram: “Por acaso você é mulher para usar essa roupa?”.

Depois disso, Ravena, o namorado e uma amiga começaram a discutir com os homens. Cada um dos agressores pegou um pedaço de bambu e começou a bater no grupo. “O meu namorado entrou na frente para nos defender, tanto que o braço dele está muito machucado. Nós reagimos, claro. Eu quebrei uma garrafa de vidro em um e eles saíram. Logo depois voltaram, dessa vez com um pedaço de madeira mesmo, e continuaram a bater na gente”, descreve Ravena.

Uma vizinha viu a confusão e chamou a Polícia Militar. Assim que a patrulha chegou, deu início a buscas na região, mas não conseguiu encontrar nenhum suspeito.

“Foi tudo muito rápido, eles pegaram a gente desprevenido, dizendo coisas completamente transfóbicas”, contou Ravena.

O caso está registrado como lesão corporal na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin).