Categorias: Segurança

Dupla vendia carcaças de TVs como se fossem novas no DF

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu, nesta sexta-feira (13/12/2019), dois homens acusados de estelionato em São Sebastião. De acordo com a corporação, a dupla pegava carcaças de televisões antigas e as embalava como se fossem novas.

Para que os aparelhos televisivos parecessem originais, os suspeitos ainda colavam adesivos de redes varejistas. As empresas em questão não têm qualquer relação com a atividade criminosa. A prisão ocorreu na DF-473.

Segundo a PM, uma equipe de militares em patrulhamento foi informada que, em uma praça, estaria um carro de cor prata com várias TVs em seu interior. Os policiais, então, foram até o local, onde localizaram o veículo suspeito.

Em revista pessoal e busca no carro, os policiais encontraram quatro TVs. Ao serem questionados, os dois admitiram se tratar de sucatas que eram embaladas e vendidas como se novas fossem, induzindo o comprador a erro. Diante do flagrante, a dupla foi conduzida à 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião).

Victor Fuzeira

Natural do Rio de Janeiro, mora em Brasília desde 2008 e se considera meio candango, meio carioca. Em 2019, se formou em jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub).

Últimas notícias

Conheça Sansão, o pitbull sorridente que está conquistando a web

O cãozinho tem um canal no Youtube, onde sua tutora desmistifica as ideias erradas sobre a raça e conta os…

52 minutos passados

Superstar da Adidas faz 50 anos. Confira 50 looks inspiração

Para celebrar a data, a coluna elencou principais combinações com o tênis versátil que transita com facilidade em qualquer ocasião

54 minutos passados

Funn Summer: Beach Club é o novo point no verão dos brasilienses

O Metrópoles foi conferir pessoalmente o que rola na balada que tem feito o maior sucesso

54 minutos passados

O Filme do Bruno Aleixo: sensação da internet estreia nos cinemas

O longa mostra o processo de criação de outro filme, cujo protagonista está fazendo com seus amigos

54 minutos passados

É preciso reformar o sistema penitenciário e as polícias

Prisões são a principal base de recrutamento de organizações criminosas. Corporações policiais necessitam de nova doutrina

54 minutos passados