Duas mulheres são presas em operação contra jogos clandestinos no DF

As suspeitos foram autuadas por organização criminosa, lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar

PCDF/DivulgaçãoPCDF/Divulgação

atualizado 30/08/2019 10:06

Duas casas de jogos clandestinos foram fechadas na tarde dessa quinta-feira (29/08/2019) por investigadores da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). A operação, batizada de Jogo Duro, resultou na prisão de duas pessoas e apreensão de 20 máquinas caça-níquel.

Os estabelecimentos estavam montados no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), ao lado da Feira dos Importados, e na QE 38 do Guará II. Segundo a PCDF, Edilene dos Santos, de 39 anos, e Lindaura de Oliveira Ferreira, 27, foram presas e autuadas por organização criminosa, lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar.

Somadas, as penas chegam a 19 anos de reclusão. De acordo com a polícia, Lindaura tem duas passagens por exploração de jogo de azar, sendo uma de junho deste ano. Edilene tem três pela mesma infração, sendo a ultima em foi em maio.

Últimas notícias