*
 

O Distrito Federal registrou 11 homicídios durante o feriadão de Finados, entre os dias 2 e 5 de novembro — quinta-feira a domingo. Apenas em Planaltina, houve quatro mortos e outras três tentativas de assassinato. Também chamam a atenção 434 furtos de celular e 301 assaltos a pedestres.

Os dados foram coletados pelo Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF). A entidade afirma que houve 15 estupros – sendo nove de adolescentes ou crianças –, sete sequestros relâmpagos, 78 roubos de veículo, 44 assaltos em paradas de ônibus e 44 furtos em residências.

De acordo com o presidente do Sinpol-DF, Rodrigo Franco, o “Gaúcho”, os números são fruto do planejamento “equivocado” da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP). As funções das duas forças policiais estariam sendo trocadas.

“Hoje colocam policiais civis para fazer o trabalho da Polícia Militar e vice-versa. É um dos principais fatores para a criminalidade estar do jeito que está. Estamos fazendo abordagem em ônibus, operações na Feira do Rolo, apreendendo mercadoria. Isso seria trabalho da PM e da Agência de Fiscalização do DF (Agefis). Com esses números, não resta dúvidas de que não está dando certo”, criticou Gaúcho.

Por meio de nota, a SSP questiona os dados apresentados pelo sindicato. De acordo com a pasta, as divulgações mensais são as melhores fontes para consulta, e as informações obtidas são usadas para estudar a criminalidade no DF.

A SSP disse que “todos os esforços continuarão sendo feitos, com as forças de segurança, para que os indicadores da criminalidade no Distrito Federal continuem recuando”. Na manhã desta terça (7/11), a secretaria apresentará o balanço da criminalidade referente a outubro.

Veja os números divulgados pelo Sinpol-DF

Homicídios: 11
Homicídios tentados: 10
Latrocínios: 0
Latrocínios tentados: 11
Estupros consumados: 6
Estupros de vulnerável consumados: 9
Roubo a drogarias: 5
Roubo a postos de combustíveis: 5
Roubo a pedestres: 301
Roubo com restrição de liberdade da vítima: 7
Roubo de veículo: 78
Roubo em coletivo: 39
Roubo em outros estabelecimentos comerciais: 11
Roubo em paradas de ônibus: 44
Roubo em residências: 5
Furto de veículo: 51
Furto de motocicleta: 18
Furto em interior de veículo: 113
Furto de celular: 434
Furto a transeunte: 31
Furto de bicicleta: 6
Furto em comércio: 44
Furto em residência: 77
Furtos diversos: 389

 

 

COMENTE

Violênciacriminalidade
comunicar erro à redação

Leia mais: seguranca-df