Pintor usa documentos falsos para pegar empréstimo e se dá mal

José Wilson Alves tem diversas passagens pela polícia por estelionato e foi preso quando tentava pegar R$ 20 mil em financeira de Taguatinga

PCDF/DivulgaçãoPCDF/Divulgação

atualizado 09/10/2018 15:08

Um pintor de 63 anos foi preso, nesta terça-feira (9/10), no momento em que tentava fazer empréstimo de R$ 20 mil com uso de documentos falsos. O flagrante ocorreu em uma financeira localizada em Taguatinga Centro. Os funcionários desconfiaram da fraude e acionaram os policiais da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf).

José Wilson Muniz Alves (foto principal) tem diversas passagens pela polícia por estelionato. Só neste ano, ele foi autuado três vezes ao tentar aplicar o mesmo golpe no Setor Bancário Sul e Gama. Desta vez, ele foi surpreendido pela polícia com a Carteira de Habilitação, cartão bancário e extrato de rendimentos falsos.

Em depoimento, ele alegou para a polícia que comprou os documentos na rua. Preso, ele terá de pagar fiança de R$ 10 mil para ganhar a liberdade.

 

Últimas notícias