Cinco bandidos fortemente armados, um deles com fuzil, explodiram dois caixas eletrônicos no shopping Pier 21, na madrugada desta segunda-feira (22/10). O grupo amarrou os vigilantes que faziam a segurança do centro comercial. Durante a fuga, trocaram tiros com policiais militares. Um dos carros utilizados pelo criminoso foi abandonado no acesso que vai da L4 Sul para a L2 Sul.

O grupo disparou pelo menos oito vezes contra os policiais, que revidaram. Há informações de que um dos bandidos ficou ferido. Os militares estão ilesos. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), cinco bandidos vestidos com balaclavas – para tapar os rostos – chegaram em uma Mitsubishi Pajero, mas um deles permaneceu no veículo. Enquanto isso, os outros quatro entraram por trás do shopping. Um dos suspeitos portava uma pistola e rendeu um segurança. Naquele momento, o restante do grupo montou os explosivos.

 

A Polícia Militar foi acionada por volta das 3h20, por um dos vigilantes do local. Na ligação, ele informou ter ouvido dois estrondos e vários tiros. Relatou, ainda, que havia pessoas rendidas no chão.

De acordo com a corporação, um dos bandidos se feriu na explosão. Quando um comparsa foi socorrê-lo, um dos seguranças conseguiu fugir. A PMDF informa que os criminosos explodiram dois dos quatro caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal no Pier 21. Porém, a quantia levada por eles ainda não foi calculada. Além disso, durante a fuga, o grupo lançou sobre a pista objetos pontiagudos de metal, com objetivo de furar pneus das viaturas da PM e, assim, dificultar a perseguição.