Após perseguição e troca de tiros, PM prende cadeirante no Paranoá

O homem cumpria prisão domiciliar por tráfico de drogas. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola que pertencia a um policial morto

A Polícia Militar do DF prendeu um homem de 40 anos, cadeirante, após troca de tiros e perseguição ao veículo em que ele estava com outro homem e dois adolescentes nesta quarta-feira (23/3), na DF-250, no Paranoá. Segundo a corporação, ele cumpria prisão domiciliar por tráfico de drogas.

A ação começou depois que um grupo de três policiais que estava em um carro particular percebeu a atitude suspeita dos ocupantes de um carro à frente. A partir de então, começaram a fazer uma perseguição silenciosa, mas foram descobertos pelos suspeitos, que simularam um tiro. Naquele momento, os policiais dispararam duas vezes contra o carro da quadrilha, que parou e permitiu a abordagem.

Com os acusados, os policiais encontraram uma pistola calibre .40, que pertencia a um policial morto na região; 16 projéteis; dois carregadores com 27 balas e uma porção de substância similar a crack. Todos foram encaminhados para a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). (Com informações da PMDF)