*
 

Desabafo feito por uma mãe nas redes sociais expõe ainda mais a situação dramática da rede pública de saúde do DF. Segundo Ana Karina dos Santos contou no Facebook, sua bebê, de 11 meses, caiu do berço na enfermaria do Hospital Regional de Planaltina, depois de se apoiar na grade, que estava quebrada. A menina despencou de uma altura de 1 metro e se machucou.

De acordo com Ana Karina, a menina foi internada na sexta-feira (9/2) com suspeita de infecção urinária e dengue. A princípio, ficou em uma cama para adultos e, depois, transferida para um berço, no domingo (11). “Foram necessários apenas 10 segundos para que minha bebê caísse do berço… O tempo em que eu travei a grade e me virei para jogar os restos de alimentos no lixo, minha bebê se apoiou na grade e, para o meu desespero, a grade desceu (mesmo travada)”, disse.

A menina ficou com o rostinho machucado e a mãe postou as fotos no Facebook. “Os médicos correram para avaliá-la, foram todos cuidadosos e exigiram a troca do berço. Uma enfermeira me informou que todos estão nessa situação”, pontuou nas redes sociais.

Conforme Ana Karina, a indignação dela começou na quinta-feira (8). “O hospital não está fazendo um simples exame de urina. Após o diagnóstico da dengue, o Dr. pediu que eu fizesse um exame em laboratório particular, pois dependia do resultado para proceder com tratamento”, ressaltou a mãe da criança.

 

 

Nota da Secretaria de Saúde
Por meio de nota, a Secretaria de Saúde disse que a direção do Hospital Regional de Planaltina retirou o berço onde ocorreu o acidente. “Os demais foram avaliados pela equipe de engenharia e, segundo parecer, estão adequados para uso. Ao todo, há sete na unidade em uso”, destacou a pasta.

A secretaria lamentou o incidente e disse que a criança foi prontamente atendida pela equipe médica e não corre nenhum risco em relação ao ocorrido. “A direção enfatiza que orientou a mãe sobre o procedimento para travar as grades do berço corretamente, conforme o comunicado feito pela equipe de segurança do paciente do hospital”, acrescentou.

Sobre o reagente para a realização dos exames EAS (de urina), o hospital informou que “está providenciando o reabastecimento.”

 

 

 

COMENTE

QuedacriançaHospital de Planaltinaberço
comunicar erro à redação

Leia mais: Saúde