Reforço para pessoas de 57 a 59 anos começa com baixa procura no DF

Além do público de 57 a 59 anos, campanha de reforço da imunização contra Covid vale para idosos acima de 60 anos e profissionais da saúde

Nesta segunda-feira (22/11), a Secretaria de Saúde do Distrito Federal iniciou a imunização da dose de reforço para pessoas de 57 a 59 anos que tomaram a segunda dose da vacina contra Covid-19 há pelo menos cinco meses.

A procura pela 3° dose, no entanto, ainda é baixa. O Metrópoles visitou a UBS 1, na 612 Sul e registrou pequena fila no local. Veja:

1/6
Rafaela Felicciano/Metrópoles Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles […]
Rafaela Felicciano/Metrópoles Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles […]
Rafaela Felicciano/Metrópoles Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente. Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles […]
DF tem mais de 80% da população vacinável imunizada com duas doses
A Ômicron é considerada pela OMS como uma variante de preocupação. Ainda não se sabe se ela resiste à proteção oferecida pelas vacinas contra a Covid-19
Vacinação em Brasília

Como a dose de reforço também é válida para idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde, a maior procura, neste momento, têm sido da parte deste público.

É o caso de Frederico Luiz Souza Aguiar de Carvalho, 68 anos. Ele compareceu à Unidade Básica de Saúde, nesta manhã, para garantir o reforço do imunizante. “Eu esperei um intervalo de mais de cinco meses para vir tomar o meu reforço. Estou muito contente. Com essa terceira dose, me sinto completamente imunizado”, comentou.

O médico Hugo Siqueira, 41, também esperou a fila no local para receber a dose de reforço. “Sensação de alívio. O meu bebê de cinco meses pegou Covid-19 e teve de ser internado. Sabemos a luta que temos de enfrentar com essa doença. Com essa dose, se afasta ainda mais o risco. A vacina só veio para somar e ajudar”, pontuou.

Imunossuprimidos também têm direito à dose adicional 28 dias após a segunda aplicação.

Segunda aplicação

Também nesta segunda, a Secretaria de Saúde oferece postos de vacinação para a primeira dose (D1) a pessoas com 12 anos ou mais. Além disso, há imunização disponível para a população que está na fila da segunda dose (D2). A lista de locais de vacinação é diariamente atualizada no site da Secretaria de Saúde.

No caso de quem se vacinou com a vacina da marca Janssen, que ao longo da campanha de vacinação foi direcionada a professores, população em situação de rua e população carcerária, a dose tomada inicialmente é equivalente às primeiras e segundas doses das demais marcas, e a de reforço será a segunda aplicação.

Contudo, a Secretaria de Saúde aguarda o envio pelo Ministério da Saúde para iniciar a campanha específica para esses públicos.