Quase 70% dos idosos do Distrito Federal não moram sozinhos

Números mostram que adoção de isolamento vertical na capital federal enfrentaria dificuldades imensas

atualizado 29/03/2020 21:15

Levantamento da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) aponta que 68% da população idosa da capital não vive sozinha em casa. Na maior parte dos registros, 68,7%, o paciente mora com um adulto.

Os idosos fazem parte do chamado grupo de risco da Covid-19. Segundo o balanço, apenas 2,6% dos idosos infectados vivem apenas com crianças.

Em 28,8% dos registros o paciente divide sua residência com adultos e com menores de idade. Atualmente, conforme o último boletim divulgado pela Saúde, eram 39 infectados com idades acima de 60 anos.

Os números sinalizam que uma política de isolamento vertical, abrangendo apenas idosos e pessoas com comorbidades, como defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, se mostra de difícil execução no cenário local.

Veja a distribuição da população idosa: 

Reprodução de imagem de balanço da SES-DF
Cerca de 70% dos idosos contaminados não moram sozinhos
Maior incidência

O contágio ainda é maior entre pessoas entre 31 e 40 anos: 94 casos. Quase 60% dos 298 infectados por coronavírus do DF são homens – 175 deles.

Dos 298 casos, 134 infectados estão recuperados. Há pacientes com infecções leves, em isolamento domiciliar, e 31 internados: 18 graves e 13 em situação crítica. Outros 72 pacientes estão sendo investigados com suspeita da doença.

Últimas notícias