Profissionais de Saúde poderão pagar meia-entrada em eventos no DF

O veto à lei foi derrubado na Câmara Legislativa (CLDF) nesta terça-feira (10/5)

atualizado 10/05/2022 19:30

Poltronas em sala de cinema Rafaela Felicciano/Metrópoles

Profissionais de saúde dos sistemas público e privado do Distrito Federal poderão pagar meia entrada em eventos artísticos, culturais, cinematográficos e esportivos realizados na capital. O benefício foi concedido à categoria após a Câmara Legislativa (CLDF) derrubar, nesta terça-feira (10/5), o veto do Governo do DF ao projeto.

Pelo texto, para serem beneficiados, basta que os profissionais, apresentem um documento de identidade, contracheque, carteira funcional, ou ainda, o registro de classe expedido por entidades como conselhos regionais de Medicina (CRM), Enfermagem (Coren) e Odontologia (CRO).

O projeto de lei havia sido apresentado ainda em 2019, pelo deputado por Jorge Vianna (PSD). O texto foi aprovado no fim de 2020, mas acabou vetado pelo GDF no início do ano passado.

Na votação, 15 deputados votaram pela derrubada do veto. A distrital Julia Lucy (União Brasil) votou contra e Leandro Grass (PV) se absteve da votação.

Mais lidas
Últimas notícias