*
 

O anúncio da chapa formada por Eliana Pedrosa (Pros) e Alírio Neto (PTB) movimentou os bastidores da política local. Aliados de Jofran Frejat (PR) se reuniram na manhã desta segunda-feira (2/7), na casa do presidente do MDB-DF, Tadeu Filippelli. A presença dos deputados distritais Rodrigo Delmasso e Julio Cesar Ribeiro, ambos do PRB, causou surpresa.

A legenda, até o momento, integra a coalizão na chapa comandada por Izalci Lucas (PSDB), costurada pelo senador Cristovam Buarque (PPS). “Como nós não teremos cabeça de chapa, já que o Wanderley Tavares (presidente do PRB-DF) fechou com Izalci, estamos conversando com todos os partidos. Agora, entramos em cena e nossa prioridade é eleger um federal”, justificou Delmasso.

O principal candidato da legenda para disputar uma das oito vagas para a Câmara dos Deputados é justamente Julio Cesar. “Vamos conversar com todos, até com Rollemberg (PSB), se ele quiser”, disse Ribeiro.

Questionado se a presença dos distritais no encontro patrocinado pela chapa de Frejat é indicativo de que o PRB está dividido, Wanderley Tavares negou: “Não tem divisão. Estamos fechando as nominatas proporcionais. Também fui convidado, mas não pude ir. Estamos com Izalci, mas não vamos nos privar de conversar com outros grupos”.

Proporcionais e vice
O grupo conversou por mais de duas horas, a portas fechadas. Saboreando pão de queijo, rosquinhas e salgadinhos, eles trataram, segundo o deputado federal, Alberto Fraga (DEM), sobre candidaturas para os cargos de deputados federais. “Não fechamos nada, mas conversamos com o PRB, o Avante e estamos pensando se saímos com um ‘chapão’ ou se formaremos duas ou mais chapas”, afirmou.

Sobre a decisão de um nome para ser vice de Jofran Frejat, Fraga ressaltou que a escolha será tomada até a próxima semana. “O Izalci já tem vice? Não, né? Então, ainda temos tempo”, brincou.

O presidente do DEM no DF mostrou que as atuais alianças podem mudar: “Ter Izalci como vice seria a chapa dos sonhos. Seríamos imbatíveis”, encerrou pouco antes de frisar que é o candidato ao Senado pela coalizão ao lado do ex-vice-governador Paulo Octávio.

Fraga foi o primeiro a chegar à casa de Filippelli, no Lago Sul. Em seguida, Rôney Nemer (PP) e o presidente do Avante no DF, Paco Brito.