*
 

O Palácio do Buriti emprestou nove servidores efetivos e um comissionado para trabalhar na equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB). A Portaria Conjunta n° 23, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (9/11), instituiu o grupo de trabalho com objetivo de auxiliar a comissão de transição. O futuro secretário de Fazenda da gestão emedebista, André Clemente, foi designado para controlar a frequência dos funcionários.

O serviço deve estar concluído até 20 de dezembro, 12 dias antes da posse de Ibaneis, em 1º de janeiro de 2019. Além dos servidores cedidos, o Governo do Distrito Federal (GDF) colocou à disposição do emedebista 13 cargos comissionados, dos quais seis foram ocupados.

Os integrantes do grupo de trabalho continuam recebendo seus salários normalmente. São eles: Rejane Soares dos Santos, professora; Rita de Cássia Oliveira Drumon Albuquerque, também docente; Francisco Joaquim Araújo Saraiva, agente e ex-diretor-geral do Departamento de Trânsito (Detran-DF); Adriane Luiza de Carvalho Lorentino, técnica em assistência social; Paulo Santos de Carvalho, auditor de controle interno.

Ainda compõem a equipe: Patrícia Ferreira Motta Café, auditora fiscal da Receita; Cristian Ferreira Viana, analista de políticas públicas e gestão governamental e presidente do PHS-DF; Jozélia Praça de Medeiros, gestora de políticas públicas e gestão; Raimundo Nonato dos Santos e Silva, inspetor técnico de controle interno; e Caio Nunes de Albuquerque Dias, assessor especial da diretoria técnica do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Confira a portaria publicada no DODF desta sexta (9/11):

Reprodução/DODF