metropoles.com

Durval Barbosa é condenado pelo TCDF e terá que devolver R$ 9 milhões aos cofres do DF

A restituição é referente ao valor do prejuízo apurado em contratos emergenciais celebrados com a Prodata Tecnologia e Sistemas Avançados

atualizado

Compartilhar notícia

Durval
1 de 1 Durval - Foto: null

O Tribunal de Contas do DF (TCDF) condenou o delator do mensalão do DEM e ex-presidente da Codeplan, Durval Barbosa, a devolver R$ 9.371.188,49 aos cofres públicos, com correção.

A decisão foi publicada na edição desta segunda-feira (9/11) do Diário Oficial do DF. A restituição é referente  ao valor do prejuízo apurado em contratos emergenciais celebrados com a Prodata Tecnologia e Sistemas Avançados.

Ao realizar uma auditoria de regularidade em dois contrados firmados com a empresa, o corpo técnico do TCDF apontou que a Codeplan pagou pelo desenvolvimento de programas de computador sem que houvesse qualquer comprovação da execução dos serviços de informática.

Além de Durval Barbosa, foram responsabilizadas outras nove pessoas e a empresa de tecnologia contratada. Eles têm um prazo de 30 dias para recolher solidariamente (em conjunto) o valor atualizado monetariamente. Com informações do TCDF

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?