*
 

O diretório distrital do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu neste sábado (8/12) ser oposição ao governo de Ibaneis Rocha (MDB). O vencedor das eleições 2018 tomará posse em 1º de janeiro de 2019.

Segundo fontes do PT-DF, desde a disputa pelo Palácio do Buriti, a legenda acredita que a gestão do emedebista não conseguiria resolver os problemas da capital da República. A definição se estende à Câmara Legislativa (CLDF), onde a sigla terá dois representantes na próxima legislatura: Chico Vigilante e Arlete Sampaio.

O economista Júlio Miragaya (PT) representou o partido na corrida pelo Governo do Distrito Federal (GDF). O petista conquistou 60.592 votos e ficou em nono lugar.

Em nota enviada ao Metrópoles, a assessoria de Ibaneis informou que todos os projetos do governo serão negociados com a CLDF tendo como base o “interesse da sociedade”. “Os 24 deputados serão procurados para contribuir com os projetos antes mesmo de serem enviados à Câmara, inclusive os dois do PT”, ressaltou.